logo
Thaila Ayala faz críticas sobre julgamentos de outras mães
Foto: Reprodução/Instagram

A atriz Thaila Ayala usou as redes sociais para desabafar sobre maternidade, em um vídeo compartilhado nas redes sociais. No depoimento ela comenta sobre o que as maioria das mães gerlamente cultivam como regras universais e absolutas sobre a criação de seus filhos.

Thaila é mãe do pequeno Francisco, que nasceu em dezembro, e é fruto de seu relacionamento com o também ator Renato Góes.

“Esse vídeo é para todas vocês que são mulheres e, mais incrivelmente, mães. Vocês que acham que sabem o que é absolutamente certo e todo o resto é errado, vocês que acham que o melhor que puderam dar para os seus filhos é o melhor absoluto, deixa eu falar uma coisa para vocês tentando ser muito calma e paciente: não é”, começou ela.

“E não é porque você é completamente diferente de mim, o meu filho vai ser completamente diferente do seu, graças a Deus somos indivíduos únicos. Não existe uma mãe igual a outra, não existe um filho igual ao outro. O que é certo para você, pode não ser pra mim. O que é errado pra você, pode não ser para mim e para a sua vizinha, mãe, colega. Não existe um certo absoluto, cada um dá o que pode”, continuou.

“Uma mãe que fez um parto humanizado não é mais mãe do que aquela que marcou a data da cesárea. A mãe que amamentou até os seis anos da criança não é mais mãe, ou melhor do que a mãe que não conseguiu amamentar”, seguiu a atriz.
Logo depois, Thaila Ayala fez um apelo para mulheres que julgam as outras. “Pelo amor de Deus, só Deus pode julgar o que é certo ou errado, então pega essa sua opinião e…. guarda para você, não é mesmo? Porque você só deixa outras mães mais desamparadas, culpadas, tristes, inclusive esse teu julgamento pode estar fazendo com que essas mães se sintam mal. Você está piorando e atrapalhando o processo dessa mãe. Guarda para você, onde você quiser”, finalizou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade