logo
Após confusão com Fernanda Lima, Eduardo Costa faz discurso feminista contra João de Deus

Eduardo Costa anunciou que iria largar as redes sociais, mas voltou atrás e usou seu perfil oficial no Instagram, na última segunda-feira (19), para se posicionar sobre os casos de abuso sexual cometidos pelo médium João de Deus.

“Esse cara é um estuprador, pervertido, tem que ser preso e morrer numa cela. Pior que estuprar uma mulher é estuprar mulheres frágeis, doentes, e que estão no fundo do poço”, disse o cantor em um vídeo que foi excluído em seguida.

O posicionamento impressiona por ter sido após a polêmica em que o sertanejo se envolveu ao criticar o discurso feminista de Fernanda Lima, apresentadora do programa “Amor & Sexo”, da TV Globo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade